You are here

Share page with AddThis

Uso responsável dos recursos naturais

O mundo necessita de mais alimentos. Até 2050, a população mundial contará com mais de 2 mil milhões de pessoas. Coloca-se, então o desafio, como produzir alimentos de elevada qualidade, em quantidade suficiente, ao mesmo tempo que preservamos o meio ambiente? Na Syngenta, acreditamos que a resposta está no potencial ilimitado das plantas. Desenvolvemos sementes novas e mais produtivas, e melhores produtos para proteger as culturas contra pragas, doenças e infestantes. Desta forma, os agricultores poderão produzir mais alimentos nos terrenos agrícolas existentes actualmente, evitando a expansão para áreas naturais. Esta é uma das formas, pelas quais contribuímos para ajudar os agricultores de todo o mundo a responder ao desafio. Produzir mais alimentos com menos terrenos agrícolas disponíveis.

Os agricultores do futuro terão de produzir volumes maiores na mesma área agrícola disponível, evitar a perda de terrenos férteis por causa da erosão do solo e encontrar formas inovadoras de utilizar a terra que antes não era possível cultivar. Ao mesmo tempo, os agricultores terão de optimizar o uso da água e o consumo de energia. A única forma para enfrentar este desafio é fazer um uso mais eficiente dos recursos naturais disponíveis, sobretudo de água, solo e terra.

Reconhecemos que a responsabilidade pela utilização responsável dos recursos naturais e pela protecção ambiental na agricultura, não é somente dos agricultores. A Syngenta trabalha em parceria com produtores e organizações em todo o mundo, pesquisando e promovendo práticas agrícolas responsáveis, sobretudo para a conservação do solo, protecção da água e da biodiversidade. Neste aspecto os nossos herbicidas não selectivos têm um papel fundamental. Ao eliminar as infestantes e resíduos nas culturas, os herbicidas podem substituir a necessidade de mobilização do solo mecanicamente. Esta prática promove a conservação da estrutura do solo, melhora a capacidade de retenção da água, e ajuda a reduzir a erosão e a perda de nutrientes.

Ajudamos os agricultores a adaptarem-se às mudanças climáticas e à intensificação da escassez de água, através do desenvolvimento de variedades de plantas resistentes à seca e de produtos que tornam as culturas resistentes em condições moderadas de seca. Também estamos a desenvolver novas variedades e técnicas de cultivo que farão com que a produção de combustível a partir das plantas seja mais eficiente. Isso ajudará a fazer com que os biocombustíveis sejam uma alternativa viável e mais limpa, aos combustíveis fósseis.