You are here

Share page with AddThis

Mosca da azeitona em Olival

Bactrocera oleae Gmel


Morfologia

  • Ovo - branco e alongado;
  • Larva - de cor amarela clara, sem patas e com cabeça preta;
  • Pupa - acastanhada e segmentada;
  • Adulto – semelhante à mosca doméstica mas mais pequena; com manchas castanho-escuras entre o tórax e o abdómen, asas transparentes com uma pequena mancha na extremidade; escutelo cor marfim, muito característico, no toráx.

Bioecologia
 

Apresenta entre 2 a 4 gerações, de uma maneira geral, entre Julho a Dezembro.

Passa o Inverno na forma de pupa, no solo, debaixo da copa da oliveira. Os primeiros adultos emergem, progressivamente, entre Março e Abril.

Actividade reprodutora inicia-se assim que haja frutos receptivos à postura (tamanho mínimo de um grão de ervilha).

O ovo é depositado na polpa do fruto a pouca profundidade.

As larvas escavam uma galeria irregular e tortuosa em direcção ao caroço.

Temperaturas superiores a 32ºC inibem as posturas e acima dos 35ºC verifica-se grande mortalidade de ovos, larvas e mesmo adultos.

Prejuízos
 

Pequenas feridas, em forma de V, na epiderme do fruto resultante das posturas; orifícios de saída da larva ou do adulto; destruição da polpa; queda dos frutos, especialmente perto da maturação com consequente acidificação do azeite.

Estratégia de protecção
 

Variedades de azeite:
O combate aos adultos deve ser realizado a partir da formação do fruto conjuntamente com a captura de 2-3 adultos por armadilha por dia e com a observação das primeiras picadas de postura nos frutos. Este tratamento deve ser repetido cada vez que se observe 2-3 azeitonas com postura, numa amostra de 200-400 frutos.
No que respeita aos tratamentos direccionados às larvas, estes devem ser realizados quando se recolham 7 a 8% de frutos com larvas vivas e repeti-lo, se necessário cada vez que se ultrapasse esse valor.

Variedades de mesa:
Como é necessário evitar o máximo de posturas, uma vez as azeitonas picadas são depreciadas, o combate aos adultos deve iniciar-se com o começo das capturas e repeti-los cada 20 dias.
Os tratamentos larvicidas devem iniciar-se quando se observe as primeiras azeitonas picadas.

Soluções Syngenta
 

Problema - imagens

Clique na imagem para ampliar

Mosca da Azeitona

Olival

Mosca da Azeitona, larva

Olival

Mosca da Azeitona, larva

Olival

Mosca da Azeitona, fruto picado

Olival