You are here

Share page with AddThis

The Good Growth Plan: garantir um futuro sustentável

Agroklik
06.04.2017

A Syngenta apresentou, a 27 de Março, em Bruxelas, os resultados do terceiro ano do The Good Growth Plan, um projeto à escala mundial que põe em prática os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, traçados pela ONU até 2030.

Desde 2014, a Syngenta instalou mais de 3.700 quintas modelo, em 42 países, que beneficiam da tecnologia e suporte técnico da Syngenta no âmbito deste ambicioso Plano.

O The Good Growth Plan visa dar resposta aos desafios centrais da nossa Sociedade: alimentar a crescente população mundial, combater a pobreza das comunidades rurais nos países em desenvolvimento dotando os agricultores de meios de produção mais eficazes e, simultaneamente, lutar contra a erosão dos solos e promover a biodiversidade. Os 6 compromissos globais assumidos pela Syngenta até 2020 no âmbito deste Plano são centrais na estratégia da empresa, garantindo a sustentabilidade do seu negócio a longo prazo.

Os compromissos do The Good Growth Plan (GGP) estão alinhados com 6 dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU para 2030: erradicar a fome, erradicar a pobreza, proteger a vida terrestre, produção e consumo sustentáveis, saúde de qualidade, trabalho digno e crescimento económico.

O balanço deste Plano foi apresentado em Bruxelas a 27 de Março, com a presença de colaboradores da Syngenta de todo o mundo e de parceiros envolvidos no Plano. Após 3 anos de implementação do The Good Growth Plan, a Syngenta desenvolveu uma rede de mais de 3700 quintas modelo através de parcerias locais, envolvendo 23 culturas agrícolas em 42 países.

Tornar as culturas mais eficientes

Este compromisso consiste em aumentar a produtividade das principais culturas agrícolas em 20%, sem usar mais terra, mais água e outros fatores de produção. Nas 1039 quintas modelo instaladas pela Syngenta a nível mundial foi possível aumentar a produtividade em 1,2%, durante o ano de 2016. O trabalho com os pequenos agricultores em África e no Médio Oriente é particularmente importante, uma vez que é nas pequenas explorações agrícolas onde há maior potencial de incremento da produtividade. Toda a informação reunida pela Syngenta nestas quintas modelo está a ser partilhada de forma aberta, através da iniciativa GODAN-Global Open Data for Agriculture and Nutrition, para que outros agricultores possam melhorar o seu desempenho.

Recuperar terras cultiváveis

Melhorar a fertilidade de 10 milhões de hectares de terras cultiváveis é o objetivo da Syngenta. Em 2016, foram beneficiados 4,3 milhões de hectares graças à melhor integração de boas práticas de gestão de solos na oferta comercial da Syngenta, que tem vindo a incentivar a prática da Agricultura de Conservação. O programa CONTIVO®, implementado na Hungria é um dos exemplos. Além da Syngenta, este programa envolve agricultores, universidades, o Banco de Budapeste e uma empresa fabricante de máquinas agrícolas. Péter Szabadka, agricultor húngaro que produz 300 hectares de milho, girassol, beterraba, entre outras culturas, foi a Bruxelas dar o seu testemunho sobre os benefícios do CONTIVO®: «adotamos a mobilização mínima do solo, reduzimos a quantidade de fertilizantes aplicados e ajustámos o momento da sua aplicação, poupando 30% nos custos, estamos também a alterar as variedades que usamos (…) a nossa prioridade é aumentar a fertilidade através do equilibro do solo. Não precisamos de aumentar os inputs para manter ou melhorar a produtividade».

Promover a biodiversidade

Em três anos a meta estabelecida pela Syngenta no GGP – promover a biodiversidade em 5 milhões de hectares – foi praticamente atingida. Trata-se de instalar margens funcionais e corredores ecológicos junto das explorações agrícolas e dos cursos de água, com vista criar habitats naturais para a fauna e flora locais. Um dos projetos mais vastos decorre no Brasil com o The Nature Conservacy, que desde o ano 2000 mobiliza toda a comunidade agrícola para instalar corredores ecológicos nas margens dos rios no Estado de Mato Grosso. Entre 2014 e 2106 foram recuperados 20.400 hectares para este fim, envolvendo 8200 explorações agrícolas e impactando 2,8 milhões de hectares de terra. Em Portugal, a face mais visível da promoção da biodiversidade é o programa Operation Pollinator, que envolve explorações agrícolas de referência.

Capacitar pequenos agricultores

Este compromisso é particularmente importante, uma vez que 80% dos alimentos produzidos no mundo provêm de pequenas explorações agrícolas e que 3 mil milhões de pessoas dependem da pequena agricultura. Em três anos de GGP foram beneficiados 16,6 milhões de pequenos agricultores, o que revela que o compromisso de ajudar 20 milhões de pequenos agricultores a aumentar a produtividade em 50% está no bom caminho. Um dos projetos apresentados em Bruxelas é o Sustainable Table Grape Initiative, através do qual produtores de uvas na Índia conseguem acesso a mercados para venda dos seus produtos. O projeto envolve a Syngenta, representantes do Governo indiano, a IDH-The Sustainable Trade Initiative e retalhistas europeus, com vista a implementar protocolos de produção sustentável, que visam nomeadamente a redução dos níveis de resíduos de pesticidas na fruta.

Ajudar as pessoas a manterem-se seguras

O objetivo deste compromisso é treinar 20 milhões de trabalhadores para uso seguro dos produtos fitofarmacêuticos. Desde 2014, a Syngenta deu formação a 17,2 milhões de pessoas nesta área, especialmente em países em desenvolvimento, mas também nos países desenvolvidos. Na Península Ibérica as ações de formação sobre calibração de pulverizadores envolveram 500 agricultores e técnicos em Portugal e Espanha, no ano de 2016.

Um dos projetos mais meritórios em que a Syngenta participa é o IVCC, consórcio que visa o controlo do mosquito vetor da malária. Desde o ano 2000 este consórcio conseguiu reduzir em 29% a mortalidade devido a esta doença.

A Syngenta contribuiu através da criação de uma inovadora formulação inseticida - ACTELLIC® - para controlo de mosquitos vetores da malária resistentes aos piretróides. Este inseticida é aplicado no interior das paredes das habitações, contribuindo para uma proteção duradoura das populações. Em 2016 cerca de 7 milhões de pessoas beneficiaram desta proteção.

Cuidar de cada trabalhador

Garantir condições justas de trabalho em toda a cadeia de fornecedores da Syngenta é a meta deste compromisso. A Syngenta está a trabalhar com cerca de 30.000 trabalhadores envolvidos na produção de sementes das marcas que representa. Através do Fair Labor Program foi possível auditar 82% das explorações agrícolas que produzem sementes para a Syngenta, em 2016. Os países visados foram a China, a Colômbia, o México e o Paraguai.

Garantia do salário mínimo e implementação de protocolos de certificação como o Global GAP foram as áreas trabalhadas.

J. Erik Fyrwald, Chief Executive Officer da Syngenta a nível global, sublinhou o objetivo que norteia o trabalho dos milhares de colaboradores da empresa: criar soluções para ajudar a resolver os problemas globais da agricultura, trabalhando em parceria com agricultores e toda a cadeia de abastecimento, com vista a alimentar o Planeta de forma segura. No que respeita ao The Good Growth Plan, destacou a partilha de informação com a comunidade internacional dos resultados obtidos em mais de 3700 quintas modelo instaladas pela Syngenta em todo o mundo. «A inovação, a formação e a cooperação ajudam a transformar a agricultura rumo à sustentabilidade. Por cada dólar investido em inovação na agricultura, reduz-se em 60 kg as emissões de dióxido de carbono para a atmosfera», exemplificou J. Erik Fyrwald.

---

A Syngenta é uma das empresas líderes no seu ramo de atividade. O grupo emprega mais de 27.000 pessoas em mais de 90 países, com um único objetivo comum: trazer para a vida o potencial das plantas. Através da excelência dos nossos cientistas, da nossa presença a nível mundial e do empenho de todos os nossos colaboradores em responder às necessidades dos nossos clientes, ajudamos a maximizar a produtividade e o rendimento das culturas, a proteger o ambiente e a melhorar a saúde e a qualidade de vida. Para mais informações sobre a Syngenta, consulte o site www.syngenta.com.