You are here

Share page with AddThis

A nossa contribuição

Aumento da produtividade por meio da tecnologia

É crucial tomar medidas urgentes para incrementar a produtividade agrícola a nível mundial, para fazer face à crescente procura de alimentos, rações e combustíveis, como resultado do aumento demográfico e do aumento da prosperidade nos mercados emergentes.

A inovação na protecção das culturas e na tecnologia de sementes, pode contribuir significativamente para que este desafio global seja superado.

De modo a aproveitar ao máximo esta tecnologia, ela deverá estar acessível aos agricultores de todo o mundo. A presença a nível global da Syngenta, pode permitir que a tecnologia chegue aos agricultores com maiores necessidades, particularmente nos mercados emergentes, onde o desafio de aumentar a produtividade é ainda maior.

As modernas tecnologias de cultivo permitem viabilizar o aumento de produção necessária a nível mundial, nos terrenos agrícolas disponíveis, de forma sustentável. Sem os produtos para a protecção de culturas, estima-se que 40% dos alimentos não existiria. Os nossos produtos para protecção de culturas permitem que os agricultores controlem infestantes, doenças e pragas, sendo assim possível, o aumento da produtividade e qualidade das culturas, em todas as fases de desenvolvimento.

A produção de sementes de alto valor melhora as características da planta, aumentando seu vigor e oferecendo a protecção necessária para melhorar a sua produtividade. Na área de investigação e desenvolvimento da Syngenta são desenvolvidas novas variedades de sementes, que possuem características como melhor vigor, resistência à seca ou protecção incorporada contra pragas. Algumas dessas características envolvem a modificação genética; outras utilizam métodos sofisticados que permitem que a reprodução tradicional seja mais eficaz.

Os agricultores precisam de “ter à mão” todas estas tecnologias, de modo a fazerem face a estas necessidades. Sem estas, a área agrícola disponível não terá capacidade para fazer face às crescentes necessidades geradas pelo exponencial aumento demográfico.

Melhorar a qualidade da cultura

Melhorar a produtividade das culturas é essencial, mas não chega. É importante que a qualidade dos produtos agrícolas seja também melhor, de modo a corresponder às expectativas do consumidor actual.

Os agricultores querem sementes que ofereçam culturas mais produtivas, vigorosas e de confiança, e que possam estar adaptadas às condições naturais do meio ambiente, durante o seu ciclo cultural. As sementes da Syngenta foram criadas para poderem ir de encontro a essas exigências. Culturas de alta qualidade oferecem não só a garantia de confiança aos agricultores, mas também fazem com que os seus produtos sejam mais interessantes economicamente. Isto significa que estas culturas de maior valor possibilitam um aumento no rendimento dos agricultores.

Para os produtos frescos, a qualidade é especialmente tangível para o consumidor. Pesquisas sobre o gosto do consumidor ajudam-nos a desenvolver produtos hortícolas com sabor e aspecto mais interessantes. A Syngenta oferece uma gama de variedades que vai de encontro às necessidades do consumidor actual, a nível do paladar, aspecto e tempo de conservação.

Os consumidores querem ter certeza que o alimento que consomem é seguro. A infestação por insectos ou doenças causadas por fungos, pode deixar micotoxinas nas culturas — toxinas que aparecem naturalmente, podendo contaminar os alimentos e colocar em risco a saúde humana.

A legislação actual, assegura a implementação de um rigoroso controle de qualidade, na cultura e processamento dos produtos agrícolas.

Uso responsável dos recursos naturais

O mundo necessita de mais alimentos. Até 2050, a população mundial contará com mais de 2 mil milhões de pessoas. Coloca-se, então o desafio, como produzir alimentos de elevada qualidade, em quantidade suficiente, ao mesmo tempo que preservamos o meio ambiente? Na Syngenta, acreditamos que a resposta está no potencial ilimitado das plantas. Desenvolvemos sementes novas e mais produtivas, e melhores produtos para proteger as culturas contra pragas, doenças e infestantes. Desta forma, os agricultores poderão produzir mais alimentos nos terrenos agrícolas existentes actualmente, evitando a expansão para áreas naturais. Esta é uma das formas, pelas quais contribuímos para ajudar os agricultores de todo o mundo a responder ao desafio. Produzir mais alimentos com menos terrenos agrícolas disponíveis.

Os agricultores do futuro terão de produzir volumes maiores na mesma área agrícola disponível, evitar a perda de terrenos férteis por causa da erosão do solo e encontrar formas inovadoras de utilizar a terra que antes não era possível cultivar. Ao mesmo tempo, os agricultores terão de optimizar o uso da água e o consumo de energia. A única forma para enfrentar este desafio é fazer um uso mais eficiente dos recursos naturais disponíveis, sobretudo de água, solo e terra.

Reconhecemos que a responsabilidade pela utilização responsável dos recursos naturais e pela protecção ambiental na agricultura, não é somente dos agricultores. A Syngenta trabalha em parceria com produtores e organizações em todo o mundo, pesquisando e promovendo práticas agrícolas responsáveis, sobretudo para a conservação do solo, protecção da água e da biodiversidade. Neste aspecto os nossos herbicidas não selectivos têm um papel fundamental. Ao eliminar as infestantes e resíduos nas culturas, os herbicidas podem substituir a necessidade de mobilização do solo mecanicamente. Esta prática promove a conservação da estrutura do solo, melhora a capacidade de retenção da água, e ajuda a reduzir a erosão e a perda de nutrientes.

Ajudamos os agricultores a adaptarem-se às mudanças climáticas e à intensificação da escassez de água, através do desenvolvimento de variedades de plantas resistentes à seca e de produtos que tornam as culturas resistentes em condições moderadas de seca. Também estamos a desenvolver novas variedades e técnicas de cultivo que farão com que a produção de combustível a partir das plantas seja mais eficiente. Isso ajudará a fazer com que os biocombustíveis sejam uma alternativa viável e mais limpa, aos combustíveis fósseis.

Benefícios para comunidades rurais

Mais de 2,5 mil milhões de pessoas em todo o mundo dependem da agricultura para o seu sustento.

A Syngenta trabalha em conjunto com agricultores e distribuidores em comunidades rurais, partilhando com estas, as melhores práticas de gestão das culturas, e dando formação aos agricultores sobre a utilização segura dos produtos fitofarmacêuticos.

O sucesso anual da colheita é crucial para esses agricultores e para as suas famílias. Ao aliarmos os nossos produtos à formação prestada pela Syngenta, permitimos que estes agricultores melhorem as suas produtividades. As actividades que requerem muita mão-de-obra, como a monda manual, por exemplo, podem ser reduzidas, o que deixa mais tempo livre aos agricultores e às suas famílias para melhorarem o seu nível educacional ou procurarem outras fontes, para aumento do rendimento familiar.

A Syngenta recebeu o Prémio Mundial de Desenvolvimento e Negócios de 2008, pelo desenvolvimento e sucesso obtido na introdução da beterraba sacarina tropical. O prémio reconhece a contribuição do sector privado no alcance das Metas de Desenvolvimento do Milénio das Nações Unidas. A beterraba sacarina tropical produz volumes de açúcar similares aos da cana-de-açúcar, mas precisa de menos água para se desenvolver. Por este motivo, pode ser cultivada em áreas relativamente secas, que de outra forma não poderiam ter uma agricultura produtiva. Como esta beterraba cresce rapidamente, os agricultores podem cultivar nessa mesma parcela, uma segunda cultura durante o ano, aumentando significativamente a produtividade.

Os colaboradores da Syngenta que trabalham em comunidades rurais no mundo inteiro, dedicam-se à tarefa de ajudar os agricultores a utilizarem os nossos produtos de forma segura e eficiente, dando formação a mais de dois milhões de produtores todos os anos. A divulgação de informação sobre as normas para o armazenamento seguro e para a gestão de embalagens vazias de produtos fitofarmacêuticos, faz parte da informação que prestamos aos agricultores.

As doenças transmitidas por insectos vectores, como os mosquitos, ameaçam mais de 40% da população mundial, principalmente nas comunidades rurais. Só a malária atinge mais de 500 milhões de pessoas todos os anos, e provoca a morte a mais de um milhão de pessoas. Os produtos Syngenta para o controle de insectos vectores, podem ajudar a prevenir infestações e a proteger as comunidades vulneráveis, através do controle de insectos transmissores de doenças.