You are here

Share page with AddThis

Podridão cinzenta em Vinha

Botrytis cinerea


Doença causada pelo fungo Botrytis cinerea que é parasita de vários hospedeiros, comportando-se também como saprófita sobre detritos vegetais húmidos em decomposição. Em presença de vinhas situadas em regiões com elevadas precipitações e, simultaneamente, a existência de feridas ou lesões nos órgãos verdes da videira, facilitam a penetração e desenvolvimento da doença.


Sintomas

Folhas – manchas acastanhadas na bordadura da folha de forma irregular e, que com tempo muito húmido adquirem um aspecto pulverulento;
Pâmpanos e varas – manchas e necroses castanhas. Os pâmpanos jovens podem secar a partir da extremidade. No Outono surgem, nas varas, pontuações negras (esclerotos) que são órgãos de reprodução do fungo;
Cachos – Antes e durante a floração pode ocorrer dessecação total ou parcial das inflorescências. Após o vingamento, os bagos adquirem uma coloração castanha violácea, ficam engelhados e quando secam cobrem-se de uma penugem cinzenta (frutificações do fungo). Após o pintor, a doença pode aparecer associada a ataques de traça-da-uva, os bagos apresentam manchas castanho violáceas cobertas de bolor cinzento.


Condições Climáticas

Humidade relativa muito alta e elevada pluviosidade (folhas molhada durante mais de 15 horas).

Temperatura entre os 15ºC e os 25ºC.

Radiação solar não directa.


Prejuízos

Redução no número de flores e na taxa de vingamento.

Destruição de bagos e de cachos com consequências directas na diminuição da produção e na qualidade dos vinhos.

Destruição de folhas com influência directa na qualidade das uvas e consequentemente do vinho.


Estratégia de protecção

A determinação da estratégia de protecção deve ter em conta os factores climáticos favoráveis ao desenvolvimento da doença, para assim se efectuarem os tratamentos de forma preventiva nos períodos de maior risco.

As intervenções culturais que promovam o bom arejamento das folhas interiores e dos cachos, bem como a drenagem do solo são benéficas para reduzir a incidência da doença.

É essencial um bom controlo da traça-da-uva e do oídio.


Soluções Syngenta