You are here

Share page with AddThis

Dividend

Ultima atualização:
03.03.2017

Fungicida

Protecção de culturas

Número de autorização: 
3919
Embalagems: 
Embalagem de 20 e 200 L.
Composição: 
Fórmula: 
Suspensão concentrada

Fungicida indicado para o tratamento de doenças transmissíveis por semente, em trigo e cevada.

Cevada

São recomendadas as seguintes doses de aplicação em função da doença dominante:

Doença Dose de aplicação
Helmintosporiose (Pyrenophora graminea) 100 – 200 ml / 100 kg de semente em função da pressão da doença*

* A dose menor está recomendada em situações de fraca pressão da doença. A dose maior recomenda-se em situações de forte pressão da doença ou em zonas endémicas.

Trigo

São recomendadas as seguintes doses de aplicação em função da doença dominante:

Doença Dose de aplicação
Cárie ou fungão (Tilletia caries) e podridões da raiz e do caule provocados por Cochliobolus sativus, Fusarium spp. e Septoria nodorum 100 ml / 100 kg de semente
Morrão coberto (Ustilago tritici) 200 ml / 100 kg de semente

* A dose menor está recomendada em situações de fraca pressão da doença. A dose maior recomenda-se em situações de forte pressão da doença ou em zonas endémicas.

Classificação, rotulagem e embalagem (CRE)

  • GHS07

  • GHS09

Avisos legais

Declarações de precaução

  • Pode provocar uma reação alérgica cutânea.
  • Muito tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros.
  • Evitar respirar as névoas/aerossóis.
  • Não comer, beber ou fumar durante a utilização deste produto.
  • Usar luvas de proteção.
  • Em caso de irritação ou erupção cutânea: consulte um médico.
  • Retirar a roupa contaminada e lavá-la antes de a voltar a usar.
  • Recolher o produto derramado.
  • Eliminar o conteúdo/embalagem em local adequado à recolha de resíduos perigosos.
  • Ficha de segurança fornecida a pedido.
  • Contém 1,2-benzisotiazol-3-ona. Pode provocar uma reação alérgica.
  • Não contaminar a água com este produto ou com a sua embalagem.
  • Não utilizar as sementes tratadas na alimentação humana ou animal.
  • A embalagem vazia não deverá ser lavada, sendo completamente esgotada do seu conteúdo, fechada, inutilizada e colocada em sacos de recolha, sempre que possível, devendo estes serem entregues num centro de receção autorizado.
  • Os resultados da aplicação deste produto são suscetíveis de variar pela ação de fatores fora do nosso domínio pelo que apenas nos responsabilizamos pelas características previstas na Lei.

Modo de Preparação da Calda e Utilização

Aconselha-se uma única aplicação, em tratamento de sementes antes da sementeira. A aplicação deverá fazer-se com máquina adequada que impregne uniformemente toda a semente. Em sistemas de fluxo continuo, utilizar o produto diluído em 400-500 mL de água por 100 kg de semente. Nestes sistemas, é indispensável a prévia calibração da máquina, com o produto uma vez que o fluxo pode variar em função do mesmo. No caso de se ter efetuado a diluição em água, a calda deve aplicar-se nas 24 horas seguintes à sua preparação.

  • Em caso de intoxicação contactar o Centro de Informação Antivenenos. Telef: 808 250 143.

  • Protecção Integrada

    Segundo a Directiva do Uso Sustentável (Directiva 2009/128/CE) que foi transposta para a Lei nº 26/2013 (a 11 de Abril), é obrigatória a aplicação dos príncipios gerais da Protecção Integrada por todos os utilizadores profissionais. Cumprido esses príncipios gerais, todos os produtos fitofarmacêuticos autorizados em Portugal, para o combate aos inimigos das culturas são passíveis de ser utilizados em Protecção Integrada.

    Intervalo de Segurança

    Cultura Intervalo de Segurança (dias)
    Trigo ---
    Cevada ---
    Arroz ---

    L.M.R.

    Informação relativa aos LMRs, consultar a informação na página oficial da EU:: http://ec.europa.eu/sanco_pesticides/public/index.cfm