You are here

Share page with AddThis
Envictro

Envictro

Ultima atualização:
01.12.2016

Fungicida

Protecção de culturas

Número de autorização: 
--
Embalagems: 
1 l
Composição: 
Fórmula: 
Concentrado para emulsão

Fungicida de superfície com actividade preventiva e curativa para o controlo do oídio da videira.

Videira

Doença Dose/Conc.
(L/ha)
Recomendações
Oídio
(Erysiphe necator)
0,4 - 0,6 Iniciar os tratamentos preventivamente ou imediatamente após o aparecimento dos primeiros sintomas. Os estados fundamentais de protecção do oídio decorrem desde os cachos visíveis até ao fecho dos cachos. Utilizar a dose máxima em caso de forte intensidade da doença. Efectuar no máximo 4 aplicações por campanha.

Declarações de precaução

  • Ficha de segurança fornecida a pedido de utilizadores profissionais.
  • Inflamável.
  • Guardar fechado à chave e afastado dos alimentos e bebidas, incluindo os dos animais.
  • Nocivo por ingestão.
  • Irritante para os olhos.
  • Irritante para a pele.
  • Pode causar sensibilização em contacto com a pele.
  • Pode provocar sonolência e vertigens, por inalação dos vapores.
  • Não respirar a nuvem de pulverização.
  • Evitar o contacto com os olhos.
  • Usar vestuário de protecção adequado, luvas e botas de borracha, durante a preparação da calda e aplicação do produto.
  • Utilizar somente em locais bem ventilados.
  • Não comer, beber ou fumar durante a utilização.
  • Não contaminar a água com este produto ou com a sua embalagem.
  • Muito tóxico para os organismos aquáticos, podendo causar efeitos nefastos a longo prazo no ambiente aquático.
  • Para protecção dos organismos aquáticos, respeitar uma zona não pulverizada de 25 metros em relação às águas de superfície.
  • Sempre que possível, utilizar bicos anti-deriva que garantam, pelo menos, 70% de redução no arrastamento da calda durante a aplicação do produto podendo, nesse caso, reduzir a largura da zona não pulverizada para 15 metros.
  • Após o tratamento lavar bem o material de protecção tendo o cuidado especial em lavar as luvas por dentro.
  • Intervalo de segurança: 21 dias em videira.
  • Na entrada dos trabalhadores nas áreas tratadas durante 24 horas após a aplicação, estes deverão usar luvas, camisa de mangas compridas e calças.
  • Tratamento de emergência – Em caso de contacto com os olhos, lavar imediata e abundantemente com água e consultar um especialista. Em caso de ingestão, não provocar o vómito. Consultar imediatamente um médico e mostrar-lhe a embalagem ou o rótulo.

Modo de Preparação da Calda e Utilização

No recipiente onde se prepara a calda deitar metade da água necessária. Juntar a quantidade de ENVICTRO a utilizar e completar o volume de água, agitando sempre.

Calibrar correctamente o equipamento, assegurando a uniformidade na distribuição de calda no alvo biológico pretendido.

Calcular o volume de calda gasto por ha em função do débito do pulverizador (L/min), da velocidade e largura de trabalho (distância entrelinhas).

Nas fases iniciais de desenvolvimento da cultura aplicar a calda com a concentração indicada.

Em pleno desenvolvimento vegetativo, adicionar a quantidade de produto proporcionalmente ao volume de água distribuído por ha, pelo pulverizador, de forma a respeitar a dose.

Este produto deve ser aplicado com bicos de redução de arrastamento de pelo menos 70%.

Durante a armazenagem manter o produto em lugar seco e fresco.

  • Protecção Integrada

    Segundo a Directiva do Uso Sustentável (Directiva 2009/128/CE) que foi transposta para a Lei nº 26/2013 (a 11 de Abril), é obrigatória a aplicação dos príncipios gerais da Protecção Integrada por todos os utilizadores profissionais. Cumprido esses príncipios gerais, todos os produtos fitofarmacêuticos autorizados em Portugal, para o combate aos inimigos das culturas são passíveis de ser utilizados em Protecção Integrada.

    Intervalo de Segurança, L.M.R. e P.I.

    Cultura IS (dias) LMR (mg/kg)
    Videira 21 meptildinocape: 1