You are here

Share page with AddThis
Axial

Axial

Ultima atualização:
16.01.2017

Herbicida

Protecção de culturas

Authorisation Number: 
3937
Embalagems: 
1 l Axial + 3 l de Adigor
Composição: 
Fórmula: 
Concentrado para emulsão

Herbicida de acção foliar para o controlo das gramíneas anuais, em aplicações de pós-emergência, nas culturas do trigo mole, trigo duro e cevada.

Cevada

Época de aplicação Doses
(ml / ha)
Recomendações
O AXIAL deve ser aplicado em pós-emergência da cultura desde as 3 folhas até ao fim do afilhamento.

Relativamente às infestantes, a aplicação deve ser efectuada desde as 4 folhas até meio do afilhamento.

300

Adicionando sempre 500 ml/hl do adjuvante Adigor.

A dose de AXIAL pode variar consoante a predominância de certas infestantes.
No caso de infestações elevadas de Lolium multiflorum utilizar 450 ml/ha.

Volume de calda: de 100 a 400 l/ha via terrestre

Trigo duro

Época de aplicação Doses
(ml / ha)
Recomendações
O AXIAL deve ser aplicado em pós-emergência da cultura desde as 3 folhas até ao fim do afilhamento.

Relativamente às infestantes, a aplicação deve ser efectuada desde as 4 folhas até meio do afilhamento.

300

Adicionando sempre 500 ml/hl do adjuvante Adigor.

A dose de AXIAL pode variar consoante a predominância de certas infestantes.
No caso de infestações elevadas de Lolium multiflorum utilizar 450 ml/ha.

Volume de calda: de 100 a 400 l/ha via terrestre

Trigo mole

Época de aplicação Doses
(ml / ha)
Recomendações
O AXIAL deve ser aplicado em pós-emergência da cultura desde as 3 folhas até ao fim do afilhamento.

Relativamente às infestantes, a aplicação deve ser efectuada desde as 4 folhas até meio do afilhamento.

300

Adicionando sempre 500 ml/hl do adjuvante Adigor.

A dose de AXIAL pode variar consoante a predominância de certas infestantes.
No caso de infestações elevadas de Lolium multiflorum utilizar 450 ml/ha.

Volume de calda: de 100 a 400 l/ha via terrestre

Classificação, rotulagem e embalagem (CRE)

  • GHS08

  • GHS09

Avisos legais

Declarações de precaução

  • Não há restrições sobre as culturas seguintes numa rotação normal.
  • No caso de substituição da cultura devem mediar 4 semanas, após a aplicação do AXIAL, até se proceder à sementeira de milho ou aveia, como culturas de substituição.
  • O AXIAL só deve ser aplicado em culturas de trigo mole e duro e cevada que se desenvolvam em condições normais de vigor e sanidade.
  • Este produto só pode ser utilizado em mistura com o adjuvante ADIGOR.
  • Não aplicar quando se preveja queda de chuva no período de quatro a seis horas após a aplicação.
  • Durante os tratamentos, não atingir culturas ou terrenos vizinhos.
  • Evitar o uso de herbicidas hormonais em mistura com o AXIAL. Quando o AXIAL é aplicado primeiro, esperar 7 dias antes de aplicar um herbicida hormonal. Se os hormonais são aplicados primeiro, é necessário aguardar 3 semanas até aplicar o AXIAL.
  • Para evitar o desenvolvimento de resistências, não aplicar AXIAL ou qualquer outro que contenha substâncias activas da família química das ciclohexadionas oximas ou dos ariloxifenoxipropionatos durante mais de três anos seguidos. De preferência proceder à alternância com herbicidas com modo de acção diferente.
  • Pode ser mortal por ingestão e penetração nas vias respiratórias.
  • Provoca irritação ocular grave.
  • Tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros.
  • Usar luvas de protecção/vestuário de protecção/protecção ocular/protecção facial.
  • EM CASO DE INGESTÃO: contacte imediatamente um CENTRO DE INFORMAÇÃO ANTIVENENOS ou um médico.
  • SE ENTRAR EM CONTATO COM OS OLHOS: enxaguar cuidadosamente com água durante vários minutos. Se usar lentes de contacto, retire-as, se tal lhe for possível. Continuar a enxaguar.
  • NÃO provocar o vómito.
  • Recolher o produto derramado.
  • Eliminar o conteúdo de forma apropriada.
  • Pode provocar pele seca ou gretada, por exposição repetida.
  • Não contaminar a água com este produto ou com a sua embalagem.
  • Para protecção dos organismos aquáticos, não aplicar em terrenos agrícolas adjacentes a águas de superfície.
  • Depois da utilização do produto, lavar todo o vestuário de protecção.
  • Contém pinoxadene. Pode desencadear uma reacção alérgica.
  • Contém cloquintocete-mexilo. Pode desencadear uma reacção alérgica.
  • Centro de informação anti-venenos: 808 250 143
  • A embalagem vazia deverá ser lavada três vezes, fechada, inutilizada e colocada em sacos de recolha, devendo estes serem entregues num centro de recepção valorfito; as águas de lavagem deverão ser usadas na preparação da calda.

Modo de Preparação da Calda e Utilização

No recipiente onde se prepara a calda, deitar metade da água necessária. Juntar a quantidade de produto a utilizar e completar o volume de água, agitando sempre.

O adjuvante Adigor deve ser misturado com um pouco de água e em seguida deve adicionar-se esta mistura à calda já preparada.

Depois dos tratamentos, lavar o material com detergente e passar várias vezes com água, depois da prévia remoção dos bicos e dos filtros que devem ser lavados separadamente.

Calibrar o pulverizador, calculando o volume de calda a utilizar por hectare, de modo a assegurar a distribuição uniforme da calda.

A quantidade de produto e o volume de calda devem ser calculados em função da área a aplicar.

Para diminuir o risco de arrastamento evitar pressões superiores a 2 kg/cm2 e o uso de atomizadores.

  • Centro de informação anti-venenos: 808 250 143

  • Protecção Integrada

    Segundo a Directiva do Uso Sustentável (Directiva 2009/128/CE) que foi transposta para  a Lei nº 26/2013 (a 11 de Abril), é obrigatória a aplicação dos príncipios gerais da Protecção Integrada por todos os utilizadores profissionais. Cumprido  esses príncipios gerais, todos os produtos fitofarmacêuticos autorizados em Portugal, para o combate aos inimigos das culturas são passíveis de ser utilizados em Protecção Integrada.

    Intervalo de Segurança

    Cultura Intervalo de Segurança (dias)
    Trigo
    Cevada
    Não se aplica

    L.M.R.

    Informação relativa aos LMRs, consultar a informação na página oficial da EU:: http://ec.europa.eu/sanco_pesticides/public/index.cfm