You are here

Share page with AddThis

Dual Gold

Ultima atualização:
03.03.2017

Herbicida

Protecção de culturas

Authorisation Number: 
120
Embalagems: 
1 e 5 L
Composição: 
Fórmula: 
Concentrado para emulsão

Herbicida residual, sistémico, indicado para a aplicação em pré-emergência da cultura da batateira, beterraba, milho e tomateiro, para o controlo de infestantes gramíneas.

Batateira

Doses (L/Ha) Época de aplicação Condições de aplicação
1 a 1,5 l/ha Pré-emergência da cultura As doses mais baixas destinam-se a solos leves ou fracamente infestados e as doses mais elevadas destinam-se a solos pesados, fortemente infestados e para combate a infestantes moderadamente suscetíveis.

O DUAL GOLD deve ser aplicado em pré-emergência das infestantes.
Após aplicação do herbicida não se deve mexer a terra.
A quantidade de água a utilizar deve ser de 200 a 600 l/ha.

Beterraba

Doses (L/Ha) Época de aplicação Condições de aplicação
0,5 a 1 l/ha Pré-emergência da cultura As doses mais baixas destinam-se a solos leves ou fracamente infestados e as doses mais elevadas destinam-se a solos pesados, fortemente infestados e para combate a infestantes moderadamente suscetíveis.

O DUAL GOLD deve ser aplicado em pré-emergência das infestantes.
Após aplicação do herbicida não se deve mexer a terra.
A quantidade de água a utilizar deve ser de 200 a 600 l/ha.

Milho

Doses (L/Ha) Época de aplicação Condições de aplicação
1 a 1,5 l/ha Pré-emergência da cultura As doses mais baixas destinam-se a solos leves ou fracamente infestados e as doses mais elevadas destinam-se a solos pesados, fortemente infestados e para combate a infestantes moderadamente suscetíveis.

O DUAL GOLD deve ser aplicado em pré-emergência das infestantes.
Após aplicação do herbicida não se deve mexer a terra.
A quantidade de água a utilizar deve ser de 200 a 600 l/ha.

Tomateiro

Doses (L/Ha) Época de aplicação Condições de aplicação
1 a 1,5 l/ha Aplicar antes da transplantação guardando um intervalo de 5 a 10 dias entre a aplicação e o transplante, consoante as condições edafo-climáticas As doses mais baixas destinam-se a solos leves ou fracamente infestados e as doses mais elevadas destinam-se a solos pesados, fortemente infestados e para combate a infestantes moderadamente suscetíveis.
Com condições favoráveis ao desenvolvimento das plantas usar o intervalo mais curto.

O DUAL GOLD deve ser aplicado em pré-emergência das infestantes.
Após aplicação do herbicida não se deve mexer a terra.
A quantidade de água a utilizar deve ser de 200 a 600 l/ha.

Classificação, rotulagem e embalagem (CRE)

  • GHS07

  • GHS09

Avisos legais

Declarações de precaução

  • Com excepção da cultura de gramíneas forrageiras no princípio do Outono em que se recomenda uma lavoura antes da sementeira, não é necessária qualquer precaução em termos de culturas em rotação.
  • A humidade do solo é indispensável para uma boa actuação do produto.
  • Em condições de solo com pouca humidade incorporar o herbicida antes da sementeira ou transplante.
  • Não deve aplicar-se em solos arenosos e pobres em matéria orgânica.
  • Durante a aplicação não se devem atingir as culturas e terrenos vizinhos.
  • Não misturar o herbicida com adubos líquidos.
  • Não aplicar em campos de multiplicação de milho e milho-doce.
  • Pode provocar uma reação alérgica cutânea.
  • Provoca irritação ocular grave.
  • Muito tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros.
  • Não comer, beber ou fumar durante a utilização deste produto.
  • Usar luvas, vestuário de proteção adequado, botas de borracha e equipamento protetor para os olhos e face durante a preparação da calda. Usar luvas e vestuário de proteção adequado durante a aplicação do produto.
  • SE ENTRAR EM CONTACTO COM A PELE: Lavar abundantemente com água e sabonete.
  • SE ENTRAR EM CONTACTO COM OS OLHOS: enxaguar cuidadosamente com água durante vários minutos. Se usar lentes de contacto, retire-as, se tal lhe for possível. Continuar a enxaguar.
  • Caso a irritação ocular persista: consulte um médico.
  • Retirar a roupa contaminada e lavá-la antes de a voltar a usar.
  • Recolher o produto derramado.
  • Eliminar o conteúdo/embalagem em local adequado à recolha de resíduos perigosos.
  • Ficha de segurança fornecida a pedido.
  • Não contaminar a água com este produto ou com a sua embalagem.
  • Para proteção dos organismos aquáticos, respeitar uma zona não pulverizada de 5 metros em relação às águas de superfície.
  • Para proteção das águas subterrâneas, não aplicar este produto em solos arenosos e/ou pobres em matéria orgânica.
  • Após o tratamento lavar bem o material de proteção e os objetos contaminados, tendo o cuidado especial de lavar as luvas por dentro.
  • A embalagem vazia deverá ser lavada três vezes, fechada, inutilizada e colocada em sacos de recolha, devendo estes serem entregues num centro de receção Valorfito; as águas de lavagem deverão ser usadas na preparação da calda.
  • Os resultados da aplicação deste produto são suscetíveis de variar pela ação de fatores fora do nosso domínio pelo que apenas nos responsabilizamos pelas características previstas na Lei.

Modo de Preparação da Calda e Utilização

No recipiente onde se prepara a calda deitar metade da água necessária. Juntar a quantidade de produto a utilizar e completar o volume de água, agitando sempre.

MODO DE APLICAÇÃO:

Calibrar o pulverizador, calculando o volume de calda a utilizar por hectare, de modo a assegurar a distribuição uniforme da calda.
A quantidade de produto e o volume de calda devem ser calculados em função da área a aplicar.
Para diminuir o risco de arrastamento evitar pressões superiores a 2 kg/cm2 e o uso de atomizadores.

  • Em caso de intoxicação contactar o Centro de Informação Antivenenos. Telef.: 808 250 143.

  • Protecção Integrada

    Segundo a Directiva do Uso Sustentável (Directiva 2009/128/CE) que foi transposta para a Lei nº 26/2013 (a 11 de Abril), é obrigatória a aplicação dos príncipios gerais da Protecção Integrada por todos os utilizadores profissionais. Cumprido esses príncipios gerais, todos os produtos fitofarmacêuticos autorizados em Portugal, para o combate aos inimigos das culturas são passíveis de ser utilizados em Protecção Integrada.

    Intervalo de Segurança

    Cultura Intervalo de Segurança (dias)
    Batateira Não se aplica
    Beterraba
    Milho
    Tomateiro

    L.M.R.

    Informação relativa aos LMRs, consultar a informação na página oficial da EU:: http://ec.europa.eu/sanco_pesticides/public/index.cfm