You are here

Share page with AddThis

Luzindo

Ultima atualização:
04.10.2018

Insecticida

Proteção de culturas

Authorisation Number: 
1052
Pack size: 
250 g
500 g
1 kg
Composition: 
Formulation: 
Grânulos dispersíveis em água (WG)

Inseticida foliar para controlo simultâneo de: traça-dos-cachos e cigarrinha-verde ou cicadelídeo-da-flavescência-dourada na cultura da vinha; afídeos e traça-oriental ou anársia, nas culturas do pessegueiro incluindo nectarina e damasqueiro.

O LUZINDO® é um inseticida foliar composto por duas substâncias ativas: o clorantraniliprol e o tiametoxame. O clorantraniliprol pertence à nova família química das diamidas antranílicas (Grupo 28 do IRAC – modulador dos recetores de rianodina) originando um bloqueio permanente na movimentação das lagartas. O tiametoxame pertence à família química dos neonicotinóides (Grupo 4A do IRAC – antagonista do recetor nicotínico da acetilcolina). Atua por contacto e ingestão, no sistema nervoso dos insetos.

Pessegeiro, Nectarina e Damasqueiro

Afídeo verde do pessegueiro (Myzus persicae), Afídeo negro do pessegueiro (Brachycaudus persicae) e Afídeo farinhento (Hylopterus pruni)
Dose máxima individualVolume de águaRecomendaçõesIntervalo de segurança

20-25 g/hL
ou
200-250g/ha

-

Aplicar após a floração, em presença da praga (BBCH 69-89). Utilizar este produto apenas, e só quando se pretende controlar em simultâneo afídeos e traça oriental e/ou anársia (homópteros/lepidóptero). Este facto deve ser previamente comprovado por observação visual da cultura verificando a coexistência das duas pragas.

Utilizar a concentração/dose superior em situações de elevada pressão da praga. Máximo de 2 aplicações, com intervalo de 14 dias.

14 dias

Traça oriental do pessegueiro (Grapholita molesta) e Anársia (Anarsia lineatella)
Dose máxima individualVolume de águaRecomendaçõesIntervalo de segurança

20-25 g/hL
ou
200-250g/ha

-

Aplicar após a floração, em presença da praga (BBCH 69-89). Utilizar este produto apenas, e só quando se pretende controlar em simultâneo afídeos e traça oriental e/ou anársia (homópteros/lepidóptero). Este facto deve ser previamente comprovado por observação visual da cultura verificando a coexistência das duas pragas.

Utilizar a concentração/dose superior em situações de elevada pressão da praga. Máximo de 2 aplicações, com intervalo de 14 dias.

14 dias

Videira (uva de mesa e uva para vinificação)

Cicadelídeo da flavescência dourada (Scaphoideus titanus)
Dose máxima individualVolume de águaRecomendaçõesIntervalo de segurança

200-250 g/ha

-

Aplicar após a floração, em presença da praga (BBCH 69-89). Utilizar este produto apenas, e só quando se pretende controlar em simultâneo afídeos e traça oriental e/ou anársia (homópteros/lepidóptero). Este facto deve ser previamente  comprovado por observação visual da cultura verificando a coexistência das duas pragas.

Utilizar a concentração/dose superior em situações de elevada pressão da praga. Máximo de 2 aplicações, com intervalo de 14 dias.

14 dias (uva de mesa)

30 dias (uva para vinificação)

Cigarrinhas-verdes (Empoasca decipiens, Empoasca pteridis, Empoasca vitis, Jacobiasca lybica)
Dose máxima individualVolume de águaRecomendaçõesIntervalo de segurança

200-250 g/ha

-

Aplicar após a floração, quando atingido o NEA (BBCH 69-89). Aplicar no período após a floração quando se observem 100 larvas em 100 folhas e a partir de Junho aplicar quando se observem 50 larvas em 50 folhas. Utilizar este produto apenas, e só quando se pretende controlar em simultâneo traças-dos-cachos e cigarrinha-verde e/ou o cicadelídeo-da-flavescência--dourada (lepidóptero/ cicadelídeos).

Utilizar a dose superior em situações de elevada pressão da praga. Realizar apenas 1 aplicação em uvas para vinificação. Máximo de 2 aplicações, com intervalo de 14 dias em uvas de mesa.

14 dias (uva de mesa)

30 dias (uva para vinificação)

Traça dos cachos (Eupoecilia ambiguella, Lobesia botrana)
Dose máxima individualVolume de águaRecomendaçõesIntervalo de segurança

200-250 g/ha

-

Aplicar após a floração, em presença da praga (BBCH 69-89). Utilizar este produto apenas, e só quando se pretende controlar em simultâneo traças-dos-cachos e cigarrinha-verde e/ou o cicadelídeo-da-flavescência-dourada (lepidóptero/ cicadelídeos). Este facto deve ser previamente comprovado por observação visual da cultura verificando a coexistência das duas pragas. A colocação de armadilhas sexuais e a observação de posturas/larvas recémeclodidas permitem situar a oportunidade de tratamento.

Utilizar a dose superior em situações de elevada pressão da praga. Realizar apenas 1 aplicação em uvas para vinificação. Máximo de 2 aplicações, com intervalo de 14 dias em uvas de mesa.

14 dias (uva de mesa)

30 dias (uva para vinificação)

Classificação, rotulagem e embalagem (CRE)

  • GHS09

Avisos legais

Declarações de precaução

  • Muito tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros.
  • Não comer, beber ou fumar durante a utilização deste produto.
  • Evitar a libertação para o ambiente.
  • Recolher o produto derramado.
  • Eliminar o conteúdo/embalagem em local adequado à recolha de resíduos perigosos.
  • Ficha de segurança fornecida a pedido.
  • Não contaminar a água com este produto ou com a sua embalagem.
  • Para proteção dos organismos aquáticos, respeitar uma zona não pulverizada de 10 metros em videira e 20 metros em prunóideas, em relação às águas de superfície.
  • Perigoso para as abelhas. Para proteção das abelhas e de outros insetos polinizadores, não aplicar este produto durante a floração das culturas. Não aplicar este produto na presença de infestantes em floração.
  • Impedir o acesso de trabalhadores e pessoas estranhas às zonas tratadas, até secagem do pulverizado.
  • Intervalo de Segurança – 14 dias em damasqueiro, nectarina, pessegueiro e videira de uvas de mesa; 30 dias em videira de uvas para vinificação.
  • Em caso de intoxicação contactar o Centro de Informação Antivenenos. Telef: 808 250 143
  • A embalagem vazia deverá ser lavada três vezes, fechada, inutilizada e colocada em sacos de recolha, devendo estes serem entregues num centro de receção Valorfito; as águas de lavagem deverão ser usadas na preparação da calda.

Modo de Preparação da Calda e Utilização

No recipiente onde se prepara a calda deitar metade da água necessária. Juntar a quantidade de produto a utilizar e completar o volume de água, agitando sempre.

Calibrar corretamente o equipamento, assegurando a uniformidade na distribuição de calda no alvo biológico pretendido.

Calcular o volume de calda gasto por ha em função do débito do pulverizador (L/min), da velocidade e largura de trabalho (distância entrelinhas).

Nas fases iniciais de desenvolvimento das culturas aplicar a calda com a concentração indicada.

Em pleno desenvolvimento vegetativo, adicionar a quantidade de produto proporcionalmente ao volume de água distribuído por ha, pelo pulverizador, de forma a respeitar a dose.

Precauções Biológicas

Numa estratégia de mitigação do risco de desenvolvimento de resistência, o número de tratamentos preconizado para o total das finalidades em cada uma das culturas, tal como indicado no quadro “Doses, Concentrações e Condições de Aplicação” não deve ser ultrapassado. O número indicado refere-se ao total de aplicações com este produto ou qualquer outro com idêntico modo de ação (Grupo 28 IRAC) e (Grupo 4A do IRAC). Não deve ser efetuado um segundo tratamento com este produto para a mesma geração da(s) praga(s) a controlar. Recomenda-se a alternância do LUZINDO com produtos apresentando distinto modo de ação.

  • Em caso de intoxicação contactar o Centro de Informação Antivenenos. Telef: 808 250 143

  • Protecção Integrada

    Segundo a Diretiva do Uso Sustentável (Directiva 2009/128/CE) que foi transposta para a Lei nº 26/2013 (a 11 de Abril), é obrigatória a aplicação dos princípios gerais da Proteção Integrada por todos os utilizadores profissionais. Cumprido  esses princípios gerais, todos os produtos fitofarmacêuticos autorizados em Portugal, para o combate aos inimigos das culturas são passíveis de ser utilizados em Proteção Integrada.

    Intervalo de Segurança

    CulturaIntervalo de Segurança (dias)
    Videira
    (uva para vinificação)
     30
    Videira (uvas de mesa)
    Pessegeiro
    Nectarina
    Damasqueiro
    14

    LMR

    Informação relativa aos LMRs, consultar a informação na página oficial da EU: http://ec.europa.eu/food/plant/pesticides/eu-pesticides-database/public/?event=activesubstance.selection&language=EN